Hotelaria 4.0

O melhor do mundo da Tecnologia aplicado à realidade da Hotelaria.

Visualizar antes de decidir: como a visualização dos dados é determinante para a sua compreensão

Publicado a 11 JANEIRO'17, por NUNO ANTÓNIO em Gestão

Ao contrário dos computadores, os humanos não possuem grande capacidade para processar enormes quantidades de dados, especialmente se os mesmos estiverem representados na forma de extensos relatórios com inúmeras linhas e colunas. Contudo, quando a informação é representada visualmente e agregada de alguma forma, o cérebro humano é capaz de rapidamente detetar padrões, compreender tendências e detetar anomalias. Por esta razão, a visualização dos dados é uma característica essencial em qualquer executivo de mente analítica.

A representação dos dados é muito importante na comunicação de resultados, uma vez que permite apresentar de forma sucinta uma larga quantidade de informação, remetendo assim o foco para a substância e não para a tecnologia ou metodologia. Porém, esta representação e visualização dos dados é igualmente importante na fase inicial de análise dos mesmos, enquanto ferramenta descritiva, dando ao analista a oportunidade de explorar os dados e compreendê-los, em diferentes dimensões e níveis de detalhe, fomentando inclusive a deteção de padrões e anomalias. Um bom exemplo de como a visualização de dados é importante é o que Francis Anscombe apresentou num paper científico em 1973.

Neste, o especialista em estatística demonstra que com quatro conjuntos de dados diferentes, aparentemente com estatísticas semelhantes, a sua diversidade é facilmente identificável se os dados forem representados visualmente.

O Quarteto de Anscombe, via Wikipédia

O Quarteto de Anscombe, como é agora vulgarmente conhecido este conjunto de dados, expõe como o ser humano consegue sem esforço ver padrões e contrapontos numa representação gráfica, mas tem dificuldade em fazê-lo quando se apresentam os mesmos dados em tabelas de dados, na forma de relatório.

Por exemplo, num estudo sobre padrões de cancelamento de reservas num hotel, pode facilmente verificar-se que os cancelamentos variam entre os diferentes segmentos de mercado e canais de distribuição. Na imagem abaixo, é possível verificar que quase metade das reservas feitas por agências de viagens ou operadores turísticos, online ou offline, acabam por ser canceladas, enquanto as reservas diretas têm um rácio de cancelamento muito mais baixo.

Com esta breve exposição e demonstração, espero contribuir para o despertar necessário para o uso da visualização de dados na sua análise, sobretudo para aqueles que não consideram esta uma ferramenta de análise essencial. Por isso, se fizer algum tipo de trabalho de análise, por favor use e abuse da representação dos dados para melhor explorar os mesmos e não apenas para os comunicar.

Partilhar:

Sobre o Autor

Nuno António

CTO na ITBase / WareGuest, com um extenso currículo que vai do Ensino Superior à Consultoria de TI e desenvolvimento de software, é perito na análise e estimativa de requisitos para desenvolvimento de aplicações informáticas. Possui um forte grau de especialização em Gestão Hoteleira e Retalho e frequenta atualmente o Doutoramento em Tecnologia e Ciências da Informação.

Artigos Relacionados

7 mandamentos para fontes de dados de qualidade a utilizar em Business Analytics

Cada vez mais as decisões nas empresas têm que ser fundamentadas em evidências e menos nos instintos ou intuições dos gestores. É claro que a experiência e conhecimento pessoal de cada gestor vão sempre influenciar as suas decisões, mas essencialmente, devem ser os factos a estar na base das decisões. E de onde vêm estes factos? Os factos e o conhecimento que os sustenta resulta sobretudo dos dados de que as organizações dispõem e de como os organizam, ou seja, como transformam os dados em informação e posteriormente, em conhecimento e sabedoria. Contudo, se os dados tiverem o que tecnicamente se chama de falta de “qualidade”, as decisões que possam advir de tomadas de decisão com base nos mesmos podem revelar-se incorretas.

06.nov.2018

Como é que os preços influenciam a ocorrência de cancelamentos?

Se os preços podem ser utilizados como fonte de dados, também a sua comparação com a concorrência afeta definitivamente futuros cancelamentos. Vejamos como com dados reais.

02.out.2018

Fontes de dados de livre acesso e com impacto na procura

Continuando com os posts sobre as múltiplas fontes de dados que hoje em dia estão à disposição dos hoteleiros e analistas, para serem utilizadas enquanto inputs que geram conhecimento e facilitam a tomada de decisões, venho hoje falar-vos de algumas fontes menos conhecidas, mas que podem, em alguns casos, revelar-se importantes para análise da procura.

16.fev.2018

Artigos Recentes

7 mandamentos para fontes de dados de qualidade a utilizar em Business Analytics

06.nov.2018

Como é que os preços influenciam a ocorrência de cancelamentos?

02.out.2018

Fontes de dados de livre acesso e com impacto na procura

16.fev.2018